Entrevista com Angela Davis no programa Espaço Público da Tv Brasil.. Ativista, professora e filósofa norte-americana, que integrou o grupo Panteras Negras e já esteve na lista dos dez fugitivos mais procurados dos Estados Unidos. 

(Fonte: youtube.com)

Documentário experimental que tem como intuito rever conceitos pré-estabelecidos pela sociedade acerca da estética capilar negra.

No documentário ”Mulheres brasileiras: do ícone midiático à realidade” são expostas as relações que esse padrão veiculado tem com a própria mídia e com as mulheres “reais”.

Criado pelas organizações Paz com Dignidad e Revista Pueblos, o vídeo traz entrevistas com ativistas e pesquisadoras, que indicam que o que permitiu a criação desse padrão foi o fato de toda a comunicação de massa brasileira estar nas mãos de algumas poucas famílias. Com isso, surge a necessidade de competição por audiência e a figura da mulher é usada como mera ferramenta para causar reações e garantir espectadores. O mesmo acontece com a figura feminina na publicidade, mesmo quando o produto é direcionado a elas.

#Aborto Legal: conheça seus direitos!‬

Você sabia que tem o direito a um aborto legal nos casos de estupro, perigo para sua vida ou se o feto for anencéfalo? Espalhe essa informação!

Infelizmente, esses direitos já (duramente) conquistados poderão ser revogados. Saiba mais em http://abortolegal.tumblr.com/

O DIA 12 DE JUNHO ABRE CALENDÁRIO DE JOGOS COM FESTA, GRAFFITI E MOBILIZAÇÃO NO RIO DE JANEIRO.

Mais de 100 grafiteiros com criações sobre o tema “Nesta Copa Violência contra a Mulher Não Ganha Jogo!”

Será 1 km de rua decorado com grafites e bandeirinhas para dar visibilidade a essa causa durante o campeonato. O Rio de Janeiro encerra uma campanha que percorreu outras cinco cidades brasileiras que receberão os jogos.

Depois de 50 anos, o Brasil recebe mais uma vez o principal campeonato mundial de futebol, e o Instituto Avon e a Rede Nami se uniram para incluir nesse evento uma nova oportunidade de enfrentar a violência doméstica contra a mulher.

A campanha “Graffiti pelo Fim da Violência Doméstica - na Torcida,” teve início em Brasília, no Dia Internacional da Mulher, passou por cinco cidades brasileiras que receberão os jogos, e vai se encerrar no Rio de Janeiro, no dia da disputa entre Brasil e Croácia. A transmissão será ao vivo na Rua Tavares Bastos, no Catete, enquanto 100 grafiteiros vão colorir todo um muro com imagens que sensibilizarão o público e darão ainda mais visibilidade a essa causa.

Agenda do evento 

Local – Rua Tavares Bastos, 296, Catete, Rio de Janeiro (centro).

Ponto de Encontro - BarCelona

Horário das atividades

9h às 16h – Preparação do mural pelos grafiteiros (período de inscrições e pintura de 1 km de muro)

9h30 às 14h – Customização de camisetas

13h às 16h – Inicio da discotecagem (Interferência Sistema de Som)

16h às 17h – Cerimônia de apresentação dos melhores grafites do dia que irão para votação online

17h às 19h – Exibição do Jogo Brasil X Croácia

23h – Término do evento

Graffiti Rumo ao Fim da Violência na Torcida

A campanha nas redes sociais:

www.redenami.com

www.avongraffiti.com ;

https://www.facebook.com/avongraffiti 

  1. Camera: iPhone 4S
  2. Aperture: f/2,4
  3. Exposure: 1/449th
  4. Focal Length: 4mm

O cientista Neil DeGrasse Tyson responde a pergunta: por que há poucas mulheres na ciência? Partindo de sua experiência como negro na sociedade americana.

(Fonte: youtube.com)

Às vésperas da Marcha das Vadias, o Dois Pontos discute o feminismo e o papel da mulher no Brasil. Nossos entrevistados explicam o que é o feminismo, o papel da mulher, quais são os desafios, ainda, enfrentados por elas, a cultura do estupro, e porque mesmo com a lei Maria da Penha, uma mulher é espancada a cada 15 segundos no Brasil.